Saiba como rodar o XP a partir de seu “chaveirinho” flash

Ótimo artigo postado pelo Emerson Rezende no site WNews

Uma das (poucas) certezas que existem no mundo da informática tem muito a ver com a nossa própria vida: um dia, seu HD vai morrer. Como todos nós. Para evitar prejuízos nesse momento digitalmente funesto, é sempre bom manter seus dados a salvo fazendo backups periódicos de seus arquivos. Mas mesmo usuários precavidos e conscientes desse tipo de problema, um dia seu disco rígido pode “resolver” simplesmente não iniciar o Windows, o que pode ser causado por diversos motivos, o que inclui o fim da vida útil do dispositivo ou a ação de algum vírus, por exemplo.

Se você tem um computador relativamente recente (com pelo menos 1 ano e meio de vida), provavelmente ele permite que o sistema seja iniciado por um dispositivo USB, o que inclui os populares “chaveiros” de memória flash. Caso tenha um exemplar de pelo menos 256 MB desses aparelhinhos e seu computador conte com portas USB no padrão 2.0, você poderá instalar uma versão básica do Windows XP na memória flash, configurar seu PC para utilizá-la como unidade de “boot”, acessar todo o conteúdo de seu HD por meio dela e assim salvar seus arquivos.

Antes de iniciar este passo-a-passo, já adiantamos que esse processo não é dos mais fáceis e muito menos estável. Além de ser preciso utilzar o “temido” Prompt de Comando, janela que dá acesso direto ao DOS e que requer que os comandos sejam feitos por escrito, não há qualquer garantia que ele vá funcionar sempre que for utilizado. Por isso, recomendamos que o usuário tenha muita paciência, boa vontade e espírito de aventura antes de embarcar nessa.

Passo 1

Como já foi dito, primeiro certifique-se que a BIOS de seu PC tenha o recurso de iniciar o sistema operacional a partir de um dispositivo USB. Para tanto, reinicie a máquina e espere surgir a tela do desenvolvedor do BIOS, que é o conjunto de instruções básicas que o PC carrega antes de iniciar o sistema operacional propriamente dito. Quando a tela surgir, observe qual a tecla deve ser acionada para que o acesso ao setup da BIOS seja ativado. Geralmente é o botão DEL ou F2. No nosso caso, a BIOS do computador uitilizado nessa matéria é da Phoenix e oferece duas maneiras de acessar o setup (Fig. 1). Enquanto a tecla F2 abre a janela completa de configuração da BIOS, a F12 dá acesso apenas ao painel de opção do HD de inicialização – algo que facilitou a nossa vida.
Fig. 1

Caso a memória flash esteja conectada na porta USB, aparecerá dentre as opções o nome do fabricante do pendrive (Fig. 2). Mas se a sua BIOS não conta com tecla dedicada a essa função, basta entrar na configuração BIOS normalmente e escolher a opção “Boot”. Nessa tela aparece a seqüência de unidades de armazenamento que são ativadas na inicialização. Geralmente fica lá no alto, em primeiro lugar, o disco rígido da máquina, a famosa unidade C:, ou o drive óptico (gravador/leitor de CDs ou DVDs). Para mudar essa seqüência, basta selecionar a unidade de memória flash e pressionar a tecla indicada na tela que faz com que essa unidade suba na escala de seqüência de boot. No nosso caso, ela era a F6 (FIG 3.). Como não iremos fazer essa alteração nesse momento, vá até a opção “Exit” (saída) e escolha a opção “Discard changes and exit” (descarte as alterações e saia) para que o computador seja reiniciado com o XP normalmente.
Fig. 2

Passo 2

Para instalar a versão reduzida do XP no pendrive, primeiro é preciso formatar o chaveiro flash. Aqui vai a primeira dica: NÃO utilize a ferramenta de formatação do Windows e sim a oferecida pelo software gratuito HP USB Disk Storage Format Tool (o porque que esta funciona e não a do Windows, não sabemos…). Nesse momento, tome cuidado, pois é preciso escolher o sistema de arquivos FAT como opção. NÃO escolha o FAT 32, pois assim o processo não vai funcionar.

Depois é preciso baixar um programa: o BartPE Builder, um programa gratuito (freeware) todo em português que faz boa parte do trabalho sujo (pena que não todo…), ou seja, copia os arquivos básicos do XP a partir de um disco de instalação do sistema operacional e cria um arquivo de imagem do tipo ISO no HD. Depois de baixado e instalado, abra o programa (Fig. 4) e certifique-se que a opção “Nenhuma” esteja marcada em “Saída de mídia”. Coloque o disco de instalação do XP no drive óptico e clique no botão “Gerar”. Uma tela vai se abrir nesse momento mostrando todo o processo de cópia de arquivos, o que deve levar, no máximo, cinco minutos.
Fig. 4

Passo 3

Abra o Prompt de Comando, o que pode ser feito clicando em Iniciar > Executar, depois digitando “CMD” no campo em branco, seguido de Enter. Outro caminho: Iniciar > Programas > Acessórios > Prompt de Comando (Fig. 5). Agora é preciso muita atenção, pois é preciso digitar algumas linhas de comando para fazer a transferência dos arquivos criados pelo BartPE para o pendrive. Quando a janela negra se abrir, será preciso acessar o diretório onde o BartPE foi instalado. Para tanto, digite “cd..” (isso mesmo, cd seguido de dois pontos) até que fique na tela apenas o prompt do disco rígido, que é o C:. Ao lado do prompt, digite “cd pebuilder3110a”, depois “cd plugin”, depois “cd peinst”. Agora digite o comando “peinst”.
Fig. 5
Logo após esse comando, vai surgir uma lista de opções. Primeiro digite “1” para determinar o local de onde os arquivos básicos do XP serão extraídos. Nesse momento você terá de digitar “C:pebuilder313BartPE”, com prompt e tudo, e depois dar Enter. A lista surgirá novamente, só que atualizada. Agora digite “2” para determinar para onde os arquivos serão transferidos. Agora é mais fácil: basta digitar a letra do drive removível (que geralmente é E: ou F:, dependendo do número de unidades de armazenamento que a máquina tem). No nosso caso, digitamos “E:”, depois Enter. Agora digite “5” e, na próxima listinha, digite “1” para executar a transferência dos arquivos para o pendrive, o que ocorreu em mais ou menos 15 minutos.

Passo 4

No final desse processo, você pode fechar a janela de prompt normalmente. Se a BIOS de seu computador não conta com opção para escolha da unidade de boot sem a necessidade de abrir a BIOS, você pode reiniciar o XP e pressionar a tecla equivalente no momento apropriado. Mas se esse não for o caso, reinicie o sistema e aperte o botão para acessar a configuração da BIOS, faça a alteração na opção “Boot”, vá até “Exit”, escolha a opção “Save changes and exit” (salve as alterações e saia) e espere a máquina reiniciar novamente. Quando a tela de abertura da BIOS se abrir, pressione a tecla apropriada (a nossa era F12). Nesse momento, ela irá abrir a tela com a lista das unidades de armazenamento que estão instaladas na máquina . Depois de selecionar o drive USB, o PC vai acessar o pendrive antes do HD e abrir a tela inicial do BartPE. Esse processo pode demorar um pouco, mas se exceder os 5 minutos, restarte a máquina e tente novamente.

Com a área de trabalho do BartPE aberta, você pode clicar no botão “Go”, que fica no canto inferior esquerdo, selecionar o item “System” e acessar o aplicativo “A43 File Manager” (FIG. 7). Por meio dele, dá para entrar no HD que não está “bootando” e resgatar todos os arquivos desejados.
Fig. 7

Fonte da Notícia: WNews
Autor: Emerson Rezende

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s